segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Saudades...

Hoje uma angustiante saudade abraçou-me na hora que acordei.
Ela agarrou-se em mim e fui o foco dos meus pensantos durante todo dia.
Que sentimento...incompreesivel!
Saudades é como mar, profundo e avassalor.
Foi como se a minha vida tivesse por um instante se perdido dela mesma...
ai descobri que era SAUDADE


"Se amas volta;
se me queres,me deita em teus braços;
mata essa saudade que é por tua causa."

Nenhum comentário:

Postar um comentário