segunda-feira, 16 de maio de 2011

“ENTREABRAÇOS”



Abraço com mel,
Tem a cor do céu,
De acalmar temporais.
Abraço: enlace de aconchegos,
Na chegada com apertos,
Na despedida com saudade.
Abraço coletivo.
Todos querem.
Ninguém jamais esquece
Abraço de amigo,
Cheio de confidências,
Tesouros divididos.
Abraço de mãe:
Carregado de emoção,
Sentido no coração.
Abrace, sinta, descarregue!
Carinho de ser vidente
Do que o amor pode trazer...
Despejar emoção,
Juntar coração
No abraço que se sente as mãos.

Dáfni Priscila e Karla Priscila