sábado, 22 de dezembro de 2012

Sentir,sem ver.



Misterioso olhar;
Sorriso que vai e vem;
O que poderia querer?!
Distante de mim;
Como a saudade...que só visita na tristeza;
Corredores frios e passos suaves;
Outrora te quis;
E hoje,bem mais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário